• Facebook: IFSCCampusTubarao
  • Twitter: ifsc

 acesso portal guia cursos2

 

 

 

portal aluno

moodle

biblioteca

assistencia estudantil

intercambio

Home
Estudantes do IFSC reciclam laboratórios de informática de escolas de Tubarão PDF Imprimir E-mail
Ter, 27 de Novembro de 2018 20:24

Labs2018 faustEstudantes do Câmpus Tubarão do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) estão encarando um desafio duplo, triplo ou possivelmente múltiplo, na segunda fase do curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Eles trabalham na revitalização de laboratórios de informática de três escolas públicas da cidade, num projeto que envolve, além dos conhecimentos técnicos na área, planejamento estratégico, inovação social e extensão acadêmica.

 

O projeto é realizado na disciplina Informática, Ética e Sociedade, que tem caráter de extensão e está relacionada ao processo de inserção das atividades de extensão nos currículos dos cursos superiores. Divididos em três equipes, os estudantes trabalharam ao longo do semestre na implantação e operacionalização de centros de informática nas escolas públicas. O trabalho vai desde o planejamento e a arrecadação de recursos até a instalação final de equipamentos e programas nos computadores. Estão recebendo melhorias os laboratórios de informática da Escola Municipal Faustina da Luz Patrício, do Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) e da Escola Estadual Básica João Teixeira Nunes.

 

Labs2018 jtnEstudantes trabalham no laboratório de informática da escola João Teixeira Nunes

 

O que eu tenho visto nos projetos é que os alunos acabam aprendendo mais quando são desafiados a utilizar as competências que eles estão desenvolvendo no curso. É impressionante o quanto eles estão se saindo bem nos projetos. Inclusive a gente percebe competências que não conseguimos perceber em sala de aula”, afirma o professor Pierry Teza, responsável pela disciplina.

 

Na escola municipal Faustina da Luz Patrício, os estudantes do IFSC conseguiram até mesmo um novo mobiliário para o laboratório de informática. Partindo do zero, eles fizeram rifas, venderam doces e salgados e obtiveram doações de empresas para reunir o material e os equipamentos necessários para reformar 15 computadores, trocar cabeamento e fazer melhorias na sala.

 

Labs2018m

 

Venda de produtos, rifas, reuniões e palestras fizeram parte do projeto

 

O estudante Gustavo Amboni se mostra especialmente feliz por participar de um projeto deste tipo. “Eu já convivi com projetos de assistência social, já que minha mãe trabalhava em um CRAS [Centro de Referência da Assistência Social]. A gente vê como é importante levar tecnologia para comunidades carentes, instalar laboratórios, por isso eu fiquei feliz em participar”, explica.

 

Bruna Correa Silva, integrante da equipe que atua no CEJA de Tubarão, relata que o trabalho começou com um planejamento financeiro e a busca por apoiadores. Os estudantes estão trocando cabos, consertando computadores e também pretendem informatiza a biblioteca do CEJA. “Na minha opinião e também a opinião da equipe esse projeto tem uma importância muito grande para a comunidade mais necessitada na educação e para nós traz um grande ensinamento de ajudar pessoas próximas ou até comunidades mais carentes”, diz Bruna.

 

Labs2018 ceja

Computadores reformados e instalados no CEJA de Tubarão

 

Além do aprendizado na prática, da relação com a comunidade externa e do planejamento do trabalho a partir do zero, o projeto também traz o desafio de mudar o próprio paradigma do ensino, muito focado em aulas expositivas. “Com os projetos de extensão o professor acaba passando para um lugar secundário. Impressionante como eles conseguem tocar o projeto com muita autonomia”, explica Pierry.

 

O professor destaca que os estudantes puderam utilizar competências aprendidas em outras disciplinas do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, como Redes de Computadores e Interface Humano Computador. O caráter prático e interdisciplinar da atividade estimulou os estudantes a irem além da proposta original.

 

Por Comunicação do Câmpus Tubarão do IFSC

 

 

 fale conosco

 

ouvidoria1

 

banner estude no ifsc 180x80

 

  acesso informação

Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.